Precisa de internet móvel para levar nas férias?

Fomos à procura da solução mais vantajosa para utilização ocasional

Internet Móvel para as férias

Vai de férias mas quer continuar online? Nos dias que correm as soluções são várias e até mesmo económicas, especialmente se tomarmos em conta as campanhas que os operadores móveis Meo, Nos e Vodafone apresentam neste Verão. Se é utilizador regular de internet móvel, provavelmente já tem a solução ideal. Se apenas pretende internet para levar nestas férias e para outras deslocações ocasionais, esta análise foi feita a pensar em si.

Antes de se deslocar à loja do seu operador favorito convém estudar um pouco o assunto. Se de facto não vai utilizar a internet móvel com alguma regularidade deve evitar aderir a qualquer tarifário com compromisso de permanência. Também pode ser necessário adquirir equipamento de internet móvel , consoante a finalidade pretendida – aqui abordamos dois cenários: a) internet para utilizar num único computador; b) internet para utilizar por toda a família em simultâneo, como se estivessem na net fixa lá de casa.

No cenário a), apenas necessita de uma pen 3G ou 4G. Estes equipamentos já se podem adquirir por valores em torno dos 30 euros, e são tão comuns que não será difícil encontrar quem lhe possa emprestar uma. No cenário b), será necessário um Hotspot 3G ou 4G. Este hotspot é basicamente um router sem fios portátil – normalmente com bateria e compacto o suficiente para levar no bolso. Estes equipamentos podem ser adquiridos entre 35 e 80 euros em qualquer dos operadores, sem qualquer compromisso associado. Se valoriza muito a velocidade de navegação, opte por equipamentos 4G.

Preço dos equipamentos 3G e 4G Nos e Vodafone

É possível adquirir os equipamentos por valores bastante inferiores mediante adesão a tarifários pós-pagos ou recorrendo aos programas de pontos. Tome atenção pois em qualquer destes casos está a assumir um compromisso de permanência, o que poderá não ser vantajoso

Na campanha de Verão 2015, os operadores móveis Meo, Nos e Vodafone estão a oferecer tráfego extra aos seus clientes de internet móvel, mesmo nos tarifários pré-pagos, sendo apenas necessário efectuar um carregamento de 15 euros para aderir: a Nos disponibiliza 15GB para consumir em 30 dias, ao passo que a Vodafone oferece um bónus de 15GB que acumula ao tráfego normal do tarifário, podendo chegar aos 19GB, também para 30 dias. Excluímos da análise o operador MEO pois a sua campanha apenas abrange os tarifários pré-pagos de volume de horas, o que não permitiria uma utilização descontraída e contínua.

Não havendo particular vantagem entre as campanhas Nos e Vodafone, fomos encontrar um argumento importante na política de carregamentos. Com o Vodafone Go é possível manter o cartão inactivo durante 14 meses, ao passo que no Livre ON da Nos, o cartão é permanentemente desactivado 3 meses após o último carregamento. Na prática isto significa que na Vodafone é possível manter o serviço inactivo e sem encargos, mas pronto a funcionar logo que efectue um carregamento - mesmo que só o faça uma vez por ano. Na proposta da Nos será quase sempre necessário adquirir um novo cartão, o que torna esta opção mais dispendiosa e menos prática.

Preço do cartão SIM</i> de dados NOS e Vodafone

Se já tem o equipamento adequado, poderá ser necessário adquirir um cartão de dados. Note que os equipamentos adquiridos nos operadores estão normalmente bloqueados às respectivas redes. Destacamos o cartão de dados NOS como a opção mais económica para uma utilização única, já que não é necessário efectuar qualquer carregamento para usufruir de 15GB de tráfego. Se tem equipamento MEO, considere os tarifários pré-pagos disponíveis, pois a aquisição de equipamento noutro operador dificilmente compensará para utilização ocasional

Se vai viajar para o estrangeiro, tanto a Nos como a Vodafone permitem a utilização em roaming, mas será necessário fazer uma utilização muito cuidada pois o custo por Megabyte é proibitivo. Nenhuma das propostas analisadas é verdadeiramente adequada à utilização fora de Portugal.

Na nossa análise procurámos apontar soluções prontas a funcionar acessíveis à generalidade dos consumidores. Outras soluções existem que podem ser mais adequadas ou económicas consoante as necessidades e os conhecimentos de cada um.

Conhece um método alternativo que recomendaria a quem vai viajar? Colabore com a sua opinião deixando um comentário com a sua sugestão.

Os analistas de pacotes-tvnetvoz

09-08-2015 1954 vizualizações
Powered by in4Chance